No comments yet

ESTUDO DE CÉLULAS – DESFRUTANDO DO AMOR DE DEUS

Texto:  Efésios 3:14-19

Pergunte aos participantes da célula: Em sua opinião, o que significa desfrutar do amor de Deus?

Será que com nossa mente humana conseguiremos um dia compreender qual a profundidade, comprimento, altura, largura do amor de Deus por nós? A Palavra de Deus diz que esse amor excede todo o entendimento. Se usarmos nossa imaginação, o máximo que conseguiremos imaginar é que esse amor é mais alto que os céus, mais profundo que o mais fundo do mar e tão infinito como o Universo. Não existe nada que nos possibilite medir esse amor, porque na verdade o mais importante não é mensurá-lo, mas sim permitir que esse amor tome a nossa vida por completo. A Palavra diz que quanto mais conhecemos o amor de Cristo, mais somos cheios da plenitude de Deus! Plenitude fala de totalidade, plenitude é o estado do que está completo. Deus deseja que desfrutemos do Seu amor na sua totalidade, e não parcialmente. Se somos filhos de Deus temos direito a desfrutar, a usufruir desse amor na sua forma plena. Mas para desfrutarmos deste amor na totalidade precisamos aprender também a nos deleitarmos na Sua Presença, a gastar tempo a sós com Ele na intimidade, no lugar secreto. O Pai quer se revelar a nós, e é no lugar da intimidade que nossas dúvidas morrem, que nossos medos cessam, que nossas forças são renovadas. Vejamos alguns ensinamentos fundamentais para aprendermos a desfrutar do amor de Deus na Sua totalidade.

  • Nada pode nos separar do amor de Deus ( Rm 8:35-39)

As vezes por passarmos por situações complicadas em nossa vida, tribulações, angústias, perseguições, entre outros, o primeiro sentimento que vem em nosso coração, é que estamos sozinhos, que o Senhor nos desamparou, que o Senhor não está se importando com nosso sofrimento, que o Senhor não nos ama porque está permitindo que passemos por um momento difícil, e esses pensamentos vão minando a nossa fé, a nossa confiança em Deus. É exatamente isso que o inimigo quer que aconteça, pois ele sabe que Deus não pode agir em nossa vida se não crermos, se não confiarmos. Precisamos compreender que, o Senhor não se afasta de nós por estarmos passando por uma crise em nossa vida, mas a ausência de fé nos deixa abatidos, desanimados, desistidos. Então, o que fazer quando vierem as tribulações, tentando nos abater e roubar a nossa fé? Um dos segredos é manter uma confissão de fé e vitória nos lábios! Vença seus sentimentos e pensamentos negativos confessando a Palavra de Deus em alta voz, você pode declarar: NADA PODE ME SEPARAR DO AMOR DE DEUS! NEM A MORTE, NEM A VIDA, NEM OS ANJOS, NEM PRINCIPADOS, NEM POSTESTADES, NEM O PRESENTE, NEM O PORVIR….NADA!

Se a Palavra diz que nada pode nos separar do amor de Deus, isso significa que mesmo em meio as tribulações podemos desfrutar do Seu imenso amor, mesmo passando pelos ‘vales da vida’, podemos ter a convicção que Ele está conosco e podemos nos alimentar com Seu amor, com a Sua verdade, com a Sua Palavra, ao invés de alimentar a nossa alma com sentimentos de abandono, com pensamentos de incredulidade ou desistência. É nos momentos de maiores lutas, que podemos viver as maiores experiências com o Senhor, se decidirmos desfrutar do Seu amor ao invés de alimentarmos a nossa dor.

  • Podemos ser cheios da plenitude de Deus ( Ef 3:19)

Pergunte aos participantes: Em sua opinião, o que devemos fazer para sermos pessoas cheias da plenitude de Deus?

Somos seres mortais e imperfeitos, mas Deus em Seu grandioso amor, resolveu habitar em nós, através do Espírito Santo. E quanto mais nos aprofundamos no relacionamento com Ele, mais O conhecemos e quanto mais O conhecemos, mas somos cheios da Sua vida, da Sua glória, mais somos transformados, mais nos tornamos semelhantes a Cristo. (2 Co 3:18) Podemos dizer que ser cheios da plenitude de Deus também é ser cheios da vida do próprio Deus, da Sua própria essência. E para sermos cheios da vida de Deus, precisamos nos esvaziar de nós mesmos, do nosso eu, dos achismos, do orgulho, pois estes impedem o mover do Senhor em nós.

É necessário compreendermos que ser cheios da plenitude de Deus é algo que depende muito mais de nós do que do próprio Deus, pois Ele já fez a parte Dele, mas nós precisamos querer esse relacionamento, se queremos desfrutar do amor de Deus na totalidade, devemos nos aprofundar em nossa intimidade com o Pai. Temos toda plenitude de Deus a nossa disposição, mas devemos nos apropriar dela em nossa vida diária pela fé e oração.

Em Efésios 5:18,19, vemos a Palavra nos afirmando que quando entoamos salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor em nosso coração, o Espírito Santo vem e enche nosso ser por completo. Nada nesta terra é melhor do que viver uma vida cheia da presença de Deus. Nada nesta terra é melhor do que desfrutar do amor de Deus na sua plenitude. Deus nos chamou para vivermos uma vida cheios desse amor, fazendo a diferença por onde formos, refletindo Jesus em nosso olhar, em nosso falar e agir. Sim, esse imenso amor está disponível a você, desfrute desse amor, receba da plenitude do amor de Deus em sua vida!!

Reflita: Você está investindo tempo de qualidade na Presença do Pai a fim de conhecer e desfrutar desse amor de forma plena?

 

Gancho evangelístico: Você quer receber da plenitude do amor de Deus em sua vida? Jesus entregou a Sua vida por nós, para hoje desfrutarmos deste imenso amor, e tudo que Ele pede a nós e que entreguemos nosso coração a Ele, para sermos inundados com esse amor. Vamos tomar agora essa decisão de entregar o coração a Cristo?

No amor de Cristo,

Apóstola Fabiane Bastos

 

APELO – Se houver visitantes, convide-os a entregarem sua vida a Jesus. Rm 10:9-10 – Marque data da primeira visita e comece o Discipulado Inicial.

  1. CADEIRA DO MILAGRE ­– Se alguém está enfermo vamos orar com fé por ele ou representar alguém que está. Ore com fé e o milagre acontecerá.
  2. MOMENTO DA OFERTA:
  3. A V I S O S – (Passar com vida e muita empolgação)
  1. DOMINGO: ESCOLA DE LÍDERES NO COLÉGIO SERAFIM ÀS 8:30 HS
  2.  DOMINGO: CELEBRAÇÃO AO SENHOR ÀS 9:00 HS – Nesta semana devido a festa do sertão faremos nosso culto pela manhã.
  • Dia 06,07 e 08 de outubro- Festa do Sertão Nordestino

 

PALAVRA DE OFERTA

Texto: I Cr 29:9-14 “…porque tudo vem de Ti e das Tuas mãos to damos”

Tudo o que temos, tudo o que somos vêm de Deus, a vida, o ar que respiramos, a saúde, o vigor, tudo vêm DELE.  Se temos um emprego, se temos saúde para trabalhar, é porque Deus permitiu. Temos que reconhecer Deus em todos nossos caminhos. Esse reconhecimento deve nos levar a termos um coração grato e generoso. Uma pessoa com o coração cheio de gratidão a Deus, deve ter atitudes para demonstrar essa gratidão. E a atitude que agrada a Deus é a disposição de obedecer aos seus princípios. Quando as pessoas começam a quebrar princípios é porque se tornaram auto-suficientes e já não reconhecem mais o favor de Deus em suas vidas.

Quando dizimamos nós estamos devolvendo a Deus algo que não é nosso, pois pertence a Ele. Deus é tão bondoso que nos dá vida, força pra trabalhar, nos abençoa com um emprego, e pede que devolvamos apenas 10% de nossa renda bruta mensal para a Casa do Tesouro, que é a Igreja que congregamos, e permite que venhamos a administrar os outros 90%. Quando devolvemos os dízimos estamos protegendo nossas finanças do devorador e anulando maldições que vem por causa da infidelidade, conforme diz a Palavra em Ml 3:9-11. As ofertas também são uma ordenança divina, mas estas devem ser voluntárias, e o valor a ser entregue é conforme a fé de cada um, sabendo que quanto mais você plantar, mas você irá colher.

Post a comment