ESTUDO DE CÉLULA – VIVENDO O IMPOSSÍVEL

Tema: VIVENDO O IMPOSSÍVEL

Texto: Marcos 10:27; Gênesis 18:10-14

Pergunte aos participantes da célula: Você está passando ou já passou por alguma situação em sua vida que parece impossível de ser resolvida? Se possível, compartilhe.

Impossível é uma palavra triste, dura de ser ouvida. O impossível pode surgir por diversas situações, uma enfermidade que aos médicos é impossível a cura, uma reconciliação que parece impossível de acontecer, um casamento que parece impossível de ser restaurado, uma realidade financeira que humanamente é impossível ser mudada, uma porta fechada que parece impossível de abrir, a impossibilidade de libertar-se de um vício.

Na vida de Abraão e Sara também existia um impossível para viverem os seus sonhos, e o seu nome era esterilidade. Deus havia prometido que daria uma descendência numerosa a Abraão, mas muitos anos já haviam se passado e Abraão e Sara já estavam avançados em idade, além disso, Sara já havia entrado no que chamamos hoje de menopausa. Como gerar um filho em uma condição como esta? Como viver um sonho quando tudo parece dizer que não? Como continuar crendo quando todas as circunstâncias estão desfavoráveis? É preciso compreender o que a Palavra de Deus nos ensina sobre isso para que possamos viver o impossível.

Ø Não limite o poder de Deus em sua vida (Gn 18:10-14)

Pergunte aos participantes: Em sua opinião, de que forma nós conseguimos ‘limitar’ o poder de Deus em nossa vida?

Existe alguma coisa impossível ao Senhor? Essa foi a pergunta do Anjo do Senhor para Sara. Sara havia rido quando ouviu o Anjo falar a Abraão que ela iria gerar um filho. Não que ela não acreditasse em Deus, mas provavelmente ela não tinha mais esperança que pudesse ser o canal para Deus realizar esse milagre, ela já tinha 89 anos de idade, e além de estéril, já havia passado há muito tempo da idade fértil de uma mulher. Mas o Anjo a confronta, perguntando se haveria alguma coisa impossível de Deus realizar. Sara havia limitado o poder de Deus em sua vida pois todas as circunstâncias eram desfavoráveis a ela. Porém Deus já havia prometido uma descendência poderosa e legítima a Abraão, e Deus não é homem para que minta. E o Senhor foi bondoso com Sara, como lhe dissera, e fez por ela o que prometera. Sara engravidou e deu um filho a Abraão em sua velhice, na época fixada por Deus em sua promessa. (Gn 21:1,2 NVI)

Quantas vezes nós também somos tentados a limitar o poder de Deus em nossa vida? Acreditamos que Deus é bom, que Deus é fiel, mas quando vivemos uma adversidade em nossa vida, ou em nossa família, perdemos a visão do poder ilimitado que nosso Deus possui para mudar a nossa realidade. Às vezes temos a fé para ajudar outras pessoas, até as motivamos a acreditar no milagre do Senhor em suas vidas, mas quando situações complicadas acontecem conosco, ou em nossa casa, permitimos que a incredulidade nos visite. Isso está errado. Não podemos limitar o poder de Deus. Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos conforme o seu poder que opera em nós. (Ef 3:20). O problema é que quando estamos desacreditados, não conseguimos ter pensamentos de fé, e as vezes falta até ânimo para pedir o milagre que precisamos para Deus. É preciso se levantar, se posicionar, renovar as forças na

presença de Deus, buscando-o com jejuns e oração, e também buscando o auxílio das pessoas que Deus colocou em nossa vida para nos cobrir espiritualmente. Não se conforme com a impossibilidade, não limite o poder do Senhor em sua vida, Deus é poderoso para agir em nosso favor, Ele mesmo diz em Sua Palavra: agindo Eu quem impedirá?( Is 43:13)

Ø Coloque sua fé em ação ( Hb 11:11,12; Mc 9:23)

Abraão e Sara são mencionados na Palavra de Deus como exemplos de fé. Talvez você se pergunte: ora, mas Sara riu e demonstrou incredulidade quando o Anjo falou que ela iria gerar um filho em sua velhice! Porém, precisamos compreender que nossos patriarcas eram humanos e sujeitos a falhas como nós. Sara já tinha uma história de fé ao lado de Abraão, talvez a demora para a promessa se cumprir, gerou nela esses pensamentos de impossibilidade, porém isso não significa que Sara continuou desacreditada em relação a promessa de Deus para sua vida. Podemos crer que o confronto com o Anjo do Senhor foi uma grande lição para ela e a partir daquele dia, ela não aceitou mais pensamentos de incredulidade em sua mente. Podemos crer em um novo posicionamento dela como mulher de fé que ela era.

A Palavra de Deus nos diz que tudo é possível ao que crê. A fé não pode ser um discurso em nossa vida, e sim uma prática. Por isso, precisamos ver as situações adversas que passamos, como uma oportunidade para colocar a nossa fé em ação. Nossas atitudes, nossos pensamentos e nossa linguagem nos momentos de provações, demonstram se estamos agindo movidos por fé ou não. Todos nós passaremos por testes em nossa fé a fim de que nos tornemos pessoas aprovadas e maduras (Tg 1:2-4) A questão é:como reagiremos nessas situações?

Reflita: Como são os seus pensamentos, linguagem e atitudes nos momentos de provações?

Se você tem falhado em sua fé nos momentos difíceis da vida, coloque em seu coração ter um novo posicionamento como homem/mulher de Deus, mesmo diante das situações mais complicadas. Não limite o poder de Deus em sua vida! Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos! Deixa essa fé fluir, coloque sua fé em ação, perseverando para conquistar o seu milagre, pois não existem impossíveis para o nosso Deus.

No amor de Cristo,

Apóstola Fabiane Bastos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *