Estudo de Célula – APRENDENDO A SER COMO JESUS

Tema: APRENDENDO A SER COMO JESUS

Texto: João 13:1-17

Pergunte aos participantes: De acordo com o texto, qual a maior lição que Ele queria ensinar aos seus discípulos?

A Palavra de Deus diz, neste texto de João 13, que estava próxima a festa da Páscoa, e Jesus sabia que sua hora estava chegando. O momento em que o Cordeiro de Deus iria ser sacrificado em favor da humanidade. Exatamente no período em que os judeus comemoravam a festa da Páscoa, instituída por Deus, para se lembrarem de que o Senhor os libertou da escravidão do Egito com Seu braço poderoso, os livrou da morte, da escravidão e deu a eles a oportunidade de viverem uma nova vida. Jesus sabendo de tudo isso, que o momento de seu martírio e crucificação estava próximo, que seu tempo nesta terra estava acabando, Ele quis deixar impresso na mente e coração dos discípulos, os últimos ensinamentos que fariam deles homens segundo o coração de Deus, para fazerem a diferença em sua geração.

Durante o período que Jesus permaneceu nesta terra, Ele fez de tudo para cumprir o propósito do Pai. Jesus foi um modelo em tudo para nós. Não apenas os seus ensinamentos, mas a sua própria vida nos ensina e nos inspira a buscarmos a viver no padrão de Deus. Vamos aprender o que Jesus nos ensina neste texto de João 13.

JESUS NOS ENSINA SOBRE O SERVIR (Jo 13:13-17)

Pergunte aos participantes: Jesus ordenou que os discípulos lavassem os pés uns dos outros. Em sua opinião, o que representa isso para nós, nos dias de hoje?

Jesus foi exemplo no servir a humanidade. Embora seja Senhor e Rei, Jesus se despiu de Sua glória, de Sua majestade e se fez como um servo. Em todos lugares que Jesus ia, sua preocupação era servir as pessoas, curando, libertando, salvando, liberando palavras de amor e de vida. O ato DELE lavar os pés dos discípulos na véspera de Sua crucificação, foi para deixar impresso em suas mentes, que se Ele que é Senhor e Rei, agiu com humildade e veio para servir a humanidade, nós também devemos agir assim com aqueles que nos cercam. Devemos nos despir do orgulho, da altivez e sermos servos em todo lugar que o Senhor nos plantar, em nossa família, em nosso ministério, em nosso trabalho, etc. Lavar os pés uns dos outros fala sobre uma atitude humilde em relação ao nosso próximo, de respeito, de consideração, de servir com amor. Servir, ao contrário do que alguns pensam, não humilha, não envergonha, e sim engrandece o homem, o faz se tornar mais semelhante a Jesus. E tornar-se semelhantes a Jesus deve ser nosso objetivo, como filhos de Deus.

JESUS NOS ENSINA SOBRE O AMOR E COMPAIXÃO (Mt 14:14; Jo 13:34,35, 14:21-24)

Pergunte aos participantes: Cite algumas formas pelas quais podemos demonstrar amor e compaixão ao nosso próximo.

Jesus não apenas ensinou sobre o amor. Ele foi a revelação do amor de Deus. Todas as suas atitudes para com a humanidade foram carregadas de amor. Seu amor o levou a uma auto-

abnegação, a uma entrega, a um sacrifício incomparável. Ele é a maior autoridade do mundo a falar sobre amor, pois Ele deu a sua própria vida por amor, Ele mesmo disse: ninguém a tira de mim, pois eu mesmo a dou (Jo 10:17). Devemos aprender a amar como Jesus amou, a ter compaixão como Jesus o teve. Nosso amor é demonstrado a Deus não apenas em palavras, mas principalmente por meio de atitudes. Demonstrar amor por alguém sempre vai nos custar alguma coisa. Você já notou isso? Jesus nos ensinou isso com sua própria vida. Ele nos amou, por isso Ele se sacrificou, ofertou sua própria vida para que pudéssemos ser reconciliados com o Pai.

Jesus disse, aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama. Se amamos a Deus nos esforçamos por viver os seus princípios, se amamos a Deus, vamos pedir em oração e Ele vai gerar em nós um amor sincero pelo nosso próximo e compaixão pelos que precisam de salvação, cura, libertação. Seremos conhecidos como discípulos de Cristo, se este amor estiver reinando em nosso coração. Mas nem sempre isso acontece de fato, porque muitos cristãos passam a maior parte de suas vidas pensando apenas em seus próprios interesses e necessidades, e não nos do seu próximo. O problema é que muitas vezes nem nos damos conta de como estamos sendo individualistas e egoístas, precisamos orar pedindo que o Espírito Santo nos mostre se temos falhado nessa área, se temos deixado de amar nosso próximo como Cristo nos ensinou. E se tivermos falhando podemos correr para os Seus braços, pois Ele é a fonte do amor, e pode recarregar o nosso coração para que sejamos o reflexo do amor de Deus nesta terra.

Jesus é o nosso maior referencial nesta terra, sua vida é uma inspiração para nós, devemos seguir os seus passos, ter como meta em nossa vida nos tornar semelhantes a Ele. Ele nos ensinou com Sua própria vida que uma vida de amor e serviço ao próximo agrada o coração do Pai, por isso deve ser a marca de todo cristão, de todo aquele que nasceu de novo em Cristo Jesus.

Gancho evangelístico: O amor de Deus foi revelado na pessoa de Jesus Cristo. Deus quer manifestar esse amor em sua vida e em seu coração. Ele já fez tudo por nós, Sua obra foi consumada naquela cruz. Entregue hoje seu coração a Cristo e experimente desse amor, viva esse amor constantemente em sua vida, vamos orar por você!

No amor de Cristo,

Sua Pastora, Fabiane Bastos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *